Casos de dengue no Brasil aumentam 149%. Região Sudeste concentra 60% dos registros

Notas Saúde

Por: Redação

27 de fevereiro de 2019

De acordo com o Ministério da Saúde, o número de casos prováveis de dengue registrados no Brasil em janeiro deste ano mais que dobrou em comparação ao mesmo período de 2018. Até o dia 2 de fevereiro, o aumento era de 149%, passando de 21.992 para 54.777 casos prováveis – uma incidência de 26,3 casos por 100 mil habitantes. Ainda segundo a pasta, foram registradas, até o momento, cinco mortes provocadas pela doença, sendo uma no Tocantins, uma em São Paulo, duas em Goiás e uma no Distrito Federal. Em 2018, foram notificados 23 óbitos por dengue.

Dados do boletim mostram que a região Sudeste concentra 60% (32.821) do total de casos registrados no país em 2019. Em seguida estão as regiões Centro-Oeste, com 10.827 casos de dengue; Norte, com 5.224 casos; Nordeste, com 4.105 casos e Sul, com 1.800 casos.

Em relação à incidência, que considera a proporção de casos com o número de habitantes, Centro-Oeste e Sudeste apresentam os maiores dados: 67,3 casos por 100 mil habitantes e 37,4 casos por 100 mil habitantes, respectivamente.

Quando comparados os dados entre 2018 e 2019, o Sul apresenta o maior índice de crescimento de casos, 597,7%, passando de 258 para 1.800 casos prováveis. O Sudeste teve aumento de 472,6%, saindo de 5.732 para 32.821 casos. O Norte tem índice de 233%, saindo de 1.569 para 5.224 casos. E o Nordeste registra crescimento de 37,6%, passando de 2.983 para 4.105 casos.

O Centro-Oeste, segundo o balanço, é a única região do país que apresentou redução nos números, de 5,4%, saindo de 11.450 para 10.827 casos prováveis de dengue.

Aumento dos casos

O levantamento mostra que dois estados registraram aumento de mais de 1.000% no número de casos de dengue – Tocantins, com crescimento de 1.369%, saindo de 210 para 3.085 casos prováveis; e São Paulo com aumento de 1.072%, passando de 1.450 para 17.004 casos prováveis.

Outros dois estados, segundo o ministério, apresentaram crescimento considerado significativo: Paraná, com aumento de 648,6%, saindo de 214 para 1.602 casos; e Santa Catarina, com 644%, passando de 18 para 134 casos.

Em relação à incidência, destacam-se Tocantins, com 198,4 casos por 100 mil habitantes; Acre, com 163,7 por 100 mil habitantes; Goiás, com 108,7 por 100 mil habitantes; Mato Grosso do Sul, com 79,7 por 100 mil habitantes; Espírito Santo, com 61,9 por 100 mil habitantes; e Minas Gerais, com 58,9 por 100 mil habitantes.

Editora Conteúdo

Formulário de
Atendimento ao Paciente








    Fale com a gente

    Nosso atendimento comercial funciona de segunda a sexta das 8h às 18h.




      ou

      Se preferir entre em contato pelo telefone (11) 3897-2931 ou pelo e-mail comercial@homedoctor.com.br

      Já é paciente HD?
      Fale com a ANA.

      Telefones

      (11) 2344 8200
      São Paulo Capital

      4001 0000
      Capitais e regiões metropolitanas

      0800 7774010
      Demais localidades

      Opção 1: Emergências Médicas 24h
      Opção 2: Atendimento ao Paciente das 06h às 22h

      Em qualquer situação de emergência, entre em contato imediatamente com a nossa Central:

      (11) 2344 8200 - opção 1
      São Paulo Capital

      4001 0000 - opção 1
      Capitais e regiões metropolitanas

      0800 7774010 - opção 1
      Demais localidades

      Olá, como você se identifica ?

      Para aprimorar sua experiência, utilizamos cookies e protegemos seus dados de acordo com a LGPD. Ao continuar navegando neste
      site, você concorda com o uso destes cookies. Acesse nosa Política de Privacidade

      Passo 01

      Passo 02

      Passo 03

      Passo 04

      Solicitação de contato feita com sucesso.

      Nosso atendimento comercial funciona de segunda a sexta das 8h às 18h.
      Se preferir, entre em contato pelo telefone (11)3897-2931 ou pelo e-mail comercial@homedoctor.com.br